domingo, 22 de janeiro de 2017

Batatais denuncia Paulista por suposta escalação irregular na Copa São Paulo





Carlos Augusto





Uma polêmica marca a reta final da Copa São Paulo. Na manhã deste domingo, o Paulista venceu o Batatais por 5 a 1 e garantiu classificação para a final da competição, contra o vencedor de Corinthians x Juventus. Mas essa vaga pode estar ameaçada. A diretoria do Batatais enviou um ofício para a Federação Paulista de Futebol, denunciando que o atleta Brendon Matheus Lima dos Santos, do time de Jundiaí, usaria documentos falsos para jogar.

Brendon, jogador do Paulista
 (Foto: Reprodução/Facebook Paulista)
O atleta, que teria como nome verdadeiro Elton, estaria registrado com 1997 como ano de nascimento. Mas, segundo a denúncia, teria nascido em 1994. Assim, teria 22 anos, acima do limite de idade permitido para a competição (20 anos).

O jogador e a diretoria do Paulista negam irregularidades.

A Federação Paulista de Futebol informou que já começou a apurar o caso. 

- Todas as informações e notícias relacionadas ao caso já estão sendo apuradas com todo rigor pela corregedoria e ouvidoria da FPF, pelo Ministério Público e pela Polícia. Nesta segunda-feira, a FPF voltará a se manifestar com uma definição - informou a entidade, em nota oficial.

O regulamento da Copa São Paulo prevê, no artigo 25, que um clube corre risco de eliminação do torneio caso seja comprovada adulteração de idade de um atleta.

- Caso seja comprovado, tanto durante quanto após a realização da competição, que algum atleta inscrito tenha participado com documentação adulterada ou informação falsa, o clube do atleta infrator será eliminado da competição em curso e poderá ser excluída de suas 5 (cinco) próximas edições - prevê o regulamento da competição.

Fonte:Globo

No NBB 2016/2017, em jogo da 8ª rodada - Mogi começa bem, segura reação do Vitória no Hugão e se reabilita na competição






Carlos Augusto





Com 19 pontos, pivô Caio Torres foi o cestinha
da vitória mogiana neste domingo
 (Foto: Antonio Penedo/Mogi-Helbor)
O Mogi das Cruzes espantou a má fase e voltou a vencer no NBB. Na noite deste domingo, o time comandado pelo técnico Guerrinha bateu o Vitória por 75 a 72, no ginásio Professor Hugo Ramos, em Mogi, e se recuperou de duas derrotas seguidas em casa, para Flamengo e Macaé, na última semana. 

O que parecia que seria tranquilo, no entanto, se tornou uma tarefa muito difícil para o Mogi, que teve um início arrasador de jogo e abriu grande diferença no placar, mas caiu de rendimento após o intervalo, viu o adversário crescer e ficar apenas dois pontos atrás nos últimos segundos do confronto. Apesar dessa reação do Vitória, a equipe paulista conseguiu se manter à frente para conquistar o triunfo em casa.

Mogi voltou a vencer depois de duas derrotas consecutivas no NBB
 (Foto: Antonio Penedo/Mogi-Helbor)
Caio Torres, com 19 pontos, foi o cestinha da partida. Pelo lado do Mogi, ainda se destacaram Tyrone, com 16 pontos, além de Shamell e Elinho, com 15. No Vitória, Arthur anotou 17 tentos e foi o melhor pontuador do Rubro-Negro na partida. O pivô Kurtz chegou perto de um duplo-duplo, terminando com 15 pontos e nove rebotes.

O triunfo foi o oitavo em 14 jogos do Mogi, que iguala o desempenho de outras quatro equipes, com 57,1% de aproveitamento, e fica empatado na quarta posição ao lado de Vasco da Gama, Paulistano, Pinheiros e Bauru. Já o Vitória sofreu sua quinta derrota em 14 partidas, mas se mantém na terceira posição, agora com 64,3% de aproveitamento.

O Mogi volta à quadra pelo NBB na próxima quarta-feira, às 20h, quando enfrenta a Liga Sorocabana, em Sorocaba. O Vitória joga apenas na sexta, às 21h, contra o Pinheiros, em Salvador.

Times e pontuações

Mogi das Cruzes
Titulares: Elinho (15), Shamell (15), Jimmy (8), Tyrone (16) e Caio Torres (19)
Entraram: Filipin (0), Gerson (2), Vithinho (0) e Fabrício (0)

Vitória
Titulares: Dawkins (13), Arthur (17), Keyron (15), Hayes (8) e Kurtz (15)
Entraram: Murilo (0), Renato (0), Edu Mariano (2) e Coimbra (2)

Confira o resultado deste domingo no NBB:



Veja a classificação como ficou:



Confira os próximos jogos no NBB:



Fonte:Globo, LNB e www.resultados.com

Corinthians domina o Juventus e tentará décimo título na Copinha




Beat Reusser
O Corinthians voltou a mostrar um ótimo nível de futebol na noite deste domingo, na Arena Barueri, derrotou o Juventus por 3 a 0 e chegou a mais uma final de Copa São Paulo de Futebol Júnior. Superior durante todo o jogo, o time contou com mais um gol de Carlinhos, agora artilheiro do torneio com 10 gols marcados. Marquinhos e Fabrício Oya, na etapa final, selaram a grande noite orquestrada por Pedrinho, destaque mesmo sem balançar a rede.

A vaga deu ao Timão sua quarta final de Copinha sob o comando do técnico Osmar Loss. Vitorioso em 2015 e derrotado em 2014 e 2016, o comandante tenta fechar com chave de ouro sua participação na base corintiana, já que integrará a comissão técnica de Fábio Carille após o torneio. Caso conquiste a edição dessa temporada, será o décimo título corintiano: “La Décima”, como tem chamado a torcida nas redes sociais.

Com o triunfo, os alvinegros agora vão encarar a equipe do Paulista de Jundiaí, na quarta-feira, aniversário de São Paulo, no estádio do Pacaembu. O time do interior assegurou sua presença na decisão do torneio após golear a equipe do Batatais por 5 a 1, mais cedo, no Jayme Cintra.

Osmar Loss possui um problema para a decisão da próxima quarta-feira. O lateral-esquerdo Guilherme Romão recebeu o segundo cartão amarelo na competição e está fora da decisão no Pacaembu. O camisa 6 ainda foi expulso na parte final do jogo.

Brasil vence Paraguai e encaminha vaga no Sul-Americano sub-20




Beat Reusser
A Seleção Brasileira sub-20 deu um grande passo na tarde deste domingo rumo à sua classificação para a segunda fase do Campeonato Sul-Americano da categoria, disputado no Equador. Diante do Paraguai, em duelo realizado no Estádio Bellavista, na cidade de Ambato, a equipe nacional abriu 3 a 0, mas relaxou e viu o adversário marcar duas vezes no final da partida. No fim, Matheus Sávio, Richarlison e Felipe VIzeu garantiram o triunfo por 3 a 2, enquanto Jesus Medina diminuiu o prejuízo paraguaio. 

Com o resultado, a Seleção disparou na liderança do Grupo A, com sete pontos ganhos em três jogos, podendo chegar ao hexagonal final até com derrota na última rodada. Os paraguaios, por sua vez, amargam a lanterna da chave, com apenas um ponto, e precisam vencer seus próximos dois compromissos para ficar com uma das três vagas. 

Maior ganhador do torneio, com 11 títulos, o Brasil encerra sua participação nesta primeira fase diante da Colômbia, na próxima terça-feira, às 22h15 (de Brasília), na cidade de Riobamba. Já o Paraguai volta a campo para enfrentar o Chile, no mesmo dia e local, mas às 20 horas.

Botafogo goleia Rio Branco-ES em amistoso, com gols de Pimpão, Sassá e Montillo que marca na estreia no primeiro teste em 2017





Carlos Augusto





Se o amistoso deste domingo era considerado um teste, o resultado final foi satisfatório para o elenco do Botafogo. Sem sustos e com amplo domínio durante toda a partida, a equipe do técnico Jair Ventura goleou o Rio Branco-ES - que pouco criou durante os 90 minutos. Do lado alvinegro, a estreia de cinco reforços: Gatito, Roger, Gilson, Jonas e Montillo. Sob grande expectativa, melhor para o meia argentino. Ele marcou o seu na vitória por 4 a 0 sobre os capixabas em Cariacica. Os outros gols foram marcados por Pimpão (duas vezes) e Sassá.

O primeiro gol demorou apenas oito minutos para se desenhar. Após lançamento de Montillo, Jonas cruzou na área pela direita. A bola ainda passou por Airton, que rolou para Pimpão mandar no fundo da rede. O atacante ainda marcou o segundo gol apenas quatro minutos depois, com um belo chute na entrada da área.

Sentindo a diferença técnica, o Rio Branco tentava furar a marcação alvinegra em lances individuais As tentativas de Fábio Azevedo e Felipe Linhares pararam nas mãos do novo goleiro do Botafogo, Gatito Fernandez, que respondeu bem sempre que acionado.

Montillo estreou dentro da expectativa, jogando apenas o primeiro tempo. Após Pimpão conseguir roubar a bola na saída do Rio Branco para o ataque, o argentino recebeu na entrada da área, avançou e chutou cruzado no fundo da rede do goleiro Jaime. Foi o terceiro gol do Bota antes mesmo do intervalo.  

Jair Ventura aproveitou o amistoso para dar ritmo e testar mais jogadores. Por isso, modificou todas as peças em campo. Com o plantel em campo todo descansado, o Botafogo precisou de cinco minutos para achar o quarto gol. Após Eleutério sair jogando errado, a bola sobrou limpa para Sassá mandar no fundo da rede.

Por mais que a equipe capixaba tentasse cavar espaços no gramado do Kleber Andrade, o Botafogo controlava bem o jogo e a ótima vantagem construída. O técnico do Rio Branco também optou, na metade da segunda etapa, por testar mais peças e bem modificou o plantel - chegou inclusive a retirar e colocar o jogador Canário de campo . Mesmo assim, as melhores chances continuavam com os cariocas, como a boa cabeçada de Pachu que parou na trave. Sassá ainda teria outra chance e chegou a balançar a rede - mas estava em posição de impedimento. 

Dos cinco estreantes do Botafogo, destaque para Montillo, que deixou seu gol,  e Gatito, que soube corresponder quando acionado no gol.

Jonas também soube aproveitar sua chance no primeiro tempo, participando da jogada do primeiro gol. Roger, por sua vez, particpou da jogada do segundo gol.

Fonte:Globo
Foto:Futura Press

No Bellator 170 - Tito Ortiz finaliza Chael Sonnen e anuncia aposentadoria do MMA






Carlos Augusto






Mais de três anos após sua última luta no Ultimate Fighting Championship, Chael Sonnen voltou ao MMA na noite de sábado, como protagonista do Bellator 170, ao lado de Tito Ortiz. No entanto, o falastrão, que cumpriu suspensão por doping nos últimos anos, não teve sucesso no retorno e acabou finalizado pelo ex-campeão dos meio-pesados do UFC. Aos 41 anos, o 'Campeão do Povo' encaixou um mata-leão, a 2min03seg do primeiro round, e venceu a luta principal do evento realizado em Los Angeles. Um dos maiores nomes da história da modalidade, Ortiz disputou a última luta da carreira.

Principal concorrente do UFC, o Bellator vem crescendo em popularidade e visibilidade nos últimos anos, contratando antigas estrelas da franquia mais famosa do MMA. Sonnen é um exemplo disso. O norte-americano, que ficou famoso em 2010, quando mostrou seu lado falastrão antes da luta e por muito pouco não bateu o então imbatível Anderson Silva, foi demitido do UFC depois de caso de doping.

O norte-americano testou positivo em 2014, quando era o técnico do reality show The Ultimate Fighter Brazil 3 e deveria lutar contra Wanderlei Silva. Em junho daquele ano, anunciou aposentadoria. Já sabia que na semana seguinte seria revelado mais um caso de doping dele, o terceiro da carreira.

Sonnen então virou comentarista de tevê e só retornou aos ringues neste sábado, aos 39 anos. Perdeu pela 15ª vez em 44 combates na carreira, diante de um Tito Ortiz que parecia incomodado com a troca de ofensas que o 'Gângster' fez questão de promover nas semanas que antecederam a luta.

Já Tito se aposenta como um dos maiores de todos os tempos, introduzido no restrito Hall da Fama do UFC em 2012. Ele viveu seu auge entre 1999 e 2003, período em que foi campeão dos meio-pesados. Ele era o recordista em defesa de título da categoria, mas perdeu o posto para Jon Jones. O 'Campeão do Povo' encerra a carreira com cartel de 19 triunfos e 12 derrotas, além de um empate.

Na luta principal do Bellator 170, Tito Ortiz finalizou Chael Sonnen, a 2min03seg do primeiro round, e anunciou aposentadoria das artes marciais mistas 

Mineiro vence com namorada Demi Lovato na torcida

O mineiro Guilherme 'Bomba' competiu no card preliminar do Bellator 170 e levou a melhor sobre  John Mercurio, por nocaute técnico, no segundo round. O lutador teve apoio da namorada, a popstar Demi Lovato, que comemorou bastante na plateia. Quem também se deu bem no evento foi Chinzo Machida, irmão de Lyoto Machida, que venceu Jamar Ocampo, por nocaute.

Confira os resultados do Bellator 170

Card principal

Tito Ortiz venceu Chael Sonnen por finalização no primeiro round
Paul Daley venceu Brennan Ward por nocaute no primeiro round
Hisaki Kato venceu Ralek Gracie por decisão unânime
Emmanuel Sanchez venceu Georgi Karakhanyan por decisão unânime
Derek Campos venceu Derek Anderson por decisão unânime

Card preliminar

Chinzo Machida venceu Jamar Ocampo por nocaute no terceiro round
Jack May venceu Dave Cryer por nocaute no primeiro round
Henry Corrales venceu Cody Bollinger por nocaute no terceiro round
Kevin Casey e  Keith Berry empataram por decisão majoritária
Guilherme ‘Bomba’ venceu John Mercurio por nocaute no segundo round
Jalin Turner venceu Gabriel Green por nocaute no primeiro round
Daniel Rodriguez venceu Christian Gonzalez por nocaute no segundo round
Alex Soto venceu Demarcus Brown por decisão unânime

Fonte:www.mg.superesportes.com.br
Fotos:Ramsey Cardy/Getty Images

Na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2017, nas semi-finais - Paulista goleia o Batatais e volta à decisão após 20 anos





Carlos Augusto





Demorou, mas após 20 anos o Paulista-SP está novamente na decisão da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A vaga veio na manhã deste domingo (22), quando o time venceu o Batatais, por 5 a 1, no Estádio Jayme Cintra, em Jundiaí (SP). Maurílio, Molter (2), Brayan e Mateus Silvestre marcaram os gols do Paulista, enquanto Douglas Pote anotou para o Batatais.

Curiosamente, na última vez em que o Paulista chegou à decisão venceu o Corinthians, no Estádio do Canindé. Após empate por 1 a 1 no tempo normal, o time de Jundiaí levou a melhor nos pênaltis e ficou com o título: 4 a 3.

O Paulista fez valer o mando de campo e goleou neste domingo por 5 a 1 o Batatais

E o adversário na decisão de 2017 poderá ser novamente o Corinthians, que à noite receberá o Juventus na outra semifinail. O duelo será às 19h45 (de Brasília), na Arena Barueri, em Barueri, Grande São Paulo.

O Paulista dominou os primeiros minutos de jogo, tanto que logo aos 14 minutos abriu o placar. Após cobrança de escanteio de Brayan, Maurílio, de cabeça, fez o primeiro gol no Jayme Cintra. Só que após o gol o Paulista recuou demais e viu o Batatais crescer em campo.

Com maior posse de bola e buscando o empate, o Batatais teve facilidade e principalmente espaço em campo. Aos 25 minutos, Wislem chutou com a perna esquerda e mandou a bola na rede pelo lado de fora.

No segundo tempo o jogo foi todo do Paulista. O time de Jundiaí melhorou em campo e a um minuto fez o segundo gol. Após falha do sistema defensivo do Batatais, Molter ficou a bola na pequena área e só completou. Festa nas arquibancadas do estádio.

Embalado pelo torcedor, o Paulista fez mais dois gols em dois minutos. Primeiro aos 17 minutos, em chute cruzado de Brayan. E depois aos 18, quando Alemão cruzou e novamente Molter fez a alegria do torcedor.

O Batatais ainda descontou aos 21 minutos, com Douglas Pote em cobrança de pênalti. Mas o Paulista estava animado e ainda fez o quinto gol aos 34 minutos com Mateus Silvestre. Depois disso foi só esperar o apito final e comemorar.

Confira os resultados e os jogos das semi-finais:



Fonte:FI

Federer derrota Nishikori e vai às quartas de final na Austrália




Beat Reusser
Depois de jogar muito mal os primeiros quatro games, Roger Federer conseguiu elevar o nível e mostrou físico para superar o número 5 do ranking Kei Nishikori no quinto set, completando a vitória com parciais de 6/7 (4-7), 6/4, 6/1, 4/6 e 6/3, em um jogaço de 3h23m. Com isso, chega pela 13ª vez às quartas do Australian Open e pela 49ª em todos Grand Slam ao longo da incrível carreira.

Esta foi a quarta vitória seguida de Federer sobre Nishikori, que não vence o suíço desde Miami de 2014. Os dois nunca haviam se cruzado num Grand Slam.

Inesperadamente, seu adversário agora será o canhoto alemão Mischa Zverev, que surpreendeu o número 1 Andy Murray na madrugada. Federer ganhou os dois jogos que já fez contra Zverev. O mais recente deles, na grama de Halle de 2013, o suíço marcou um raro 6/0 e 6/0. Aos 35 anos e 174 dias, é agora o homem mais velho a chegar tão longe num Slam desde Jimmy Connors, que tinha 39 no US Open de 1991.

Wawrinka precisa de três tiebreaks para ir às quartas do Australian Open




Beat Reusser
O suíço Stan Wawrinka teve trabalho para passar pelas oitavas de final, mas mesmo assim conseguiu triunfar em sets diretos. Seu adversário neste domingo, o italiano Andreas Seppi fez o campeão do Australian Open de 2014 jogar três tiebreaks, fechando o jogo depois de 2h43 e com placar final de 7/6 (7-2), 7/6 (7-4) e 7/6 (7-4). 

Garantido nas quartas de final, o tenista de Lausanne terá pela frente quem passar do duelo envolvendo o francês Jo-Wilfried Tsonga e o britânico Daniel Evans. Wawrinka venceu as últimas três contra o francês e soma quatro triunfos e três derrotas. O britânico perdeu o único embate com o suíço, no US Open do ano passado, definido somente depois de cinco sets.

Murray é surpreendido na Austrália e perde para 50º do mundo nas oitavas




Beat Reusser
No último dia da primeira semana do Australian Open, uma nova grande zebra pintou no torneio. Depois da eliminação do sérvio Novak Djokovic ainda na segunda rodada, neste domingo foi a vez do britânico Andy Murray parar nas oitavas de final, sendo surpreendido pelo alemão Mischa Zverev em duelo de quatro sets e placar final de 7/5, 5/7, 6/2 e 6/4. 

Zverev espera agora pelo vencedor da partida envolvendo o suíço Roger Federer e o japonês Kei Nishikori. O germânico perdeu as duas partidas que fez contra o ex-número 1 do mundo, uma em 2009 e a última em 2013. Já contra o nipônico o duelo será inédito. 

Cinco vezes vice-campeão em Melbourne, o número 1 do mundo tentava erguer a taça pela primeira vez, mas não será em 2017 que isso acontecerá. Quadrifinalista nos últimos sete anos, Murray não perdia tão cedo na competição desde 2009, quando foi superado pelo espanhol Fernando Verdasco também nas oitavas de final.

No NBB 2016/2017, em jogo da 17ª rodada - Franca derruba Flamengo em pleno RJ, repete filme de 2012/2013 e encerra tabu histórico no confronto






Carlos Augusto






O tabu de vitórias do Franca Basquete/Magazine Luiza contra o Flamengo no NBB CAIXA chegou ao fim. Com prorrogação e muita emoção, os francanos levaram a melhor, em pleno Tijuca Tênis Clube, pelo placar de 83 a 80, e voltaram a comemorar um triunfo sobre os rubro-negros depois de quatro temporadas.

Depois de ver o jogo ir para a prorrogação com bola de 3 decisiva de Coelho para empatar o quarto período, o Franca ainda contou com aparição crucial de Pedro nos últimos segundos do tempo extra. Praticamente no estouro, o camisa 12 francano acertou uma bola de 3 pontos da cabeça do garrafão e ganhou o jogo para o time da Capital do Basquete.

Outro decisivo ao lado de Pedro, Coelho, autor da bola que levou o jogo para a prorrogação, ainda foi o cestinha da partida, com 20 pontos. O armador ainda deu cinco assistências, pegou seis rebotes e roubou três bolas. Pedro veio logo atrás, com 19 pontos, sendo oito deles mais do que cruciais no tempo extra.

Com o expressivo resultado, os comandados do técnico Helinho Garcia acumularam sua oitava vitória em 15 partidas (53,3% de aproveitamento) e se mantiveram na nona posição. O Flamengo, mesmo com a derrota, também não se mexeu na classificação e segue isolado como líder do NBB CAIXA, agora com 12 vitórias em 15 oportunidades (80% de aproveitamento).

O Flamengo terá pela frente a reedição da Final dos dois últimos NBB’s CAIXA diante do Gocil/Bauru Basket, nesta terça-feira (24/01), no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ), com transmissão ao vivo dos canais SporTV. No dia anterior (23/01), o Franca Basquete medirá forças com o Macaé Basquete, no Ginásio Juquinha, às 19h30.

Confira o resultado deste sábado no NBB:



Veja como ficou a classificação:



Confira os próximos jogos no NBB:



Fonte:LNB e www.resultados.com
Fotos:Staff Images/Flamengo